Compartilhar no Facebook   Compartilhar no Twitter   Compartilhar no Orkut  

11/04/2009

Clicando na imagem você verá a versão na melhor resolução.


Grande Imagem
Créditos e direitos autorais : Dennis di Cicco (TWAN) & Sean Walker, Skyandtelescope.com

Explicação: As luminosas e complexas nebulosas que brilham no céu noturno do planeta Terra são lindas de se olhar em imagens profundas feitas com telescópios e câmeras fotográficas sensíveis. Mas elas são fracas e, de resto, invisíveis a olho nu. Isto torna a sua relativa localização e extensão no céu difícil de apreciar. Então, considere esta impressionante composição de imagens de uma grande região do céu boreal de inverno. Com um tempo de exposição total de 40 horas, o meticuloso mosaico apresenta uma região do espaço rica em nebulosas e conhecida como a Superbolha de Órion-Eridanus sobre uma casa nos arredores de Boston, nos EUA. Nessa imagem ampla e profunda encontram-se nebulosas vistas com maior freqüência em imagens de ângulo mais estreito, como a Grande Nebulosa de Órion, a Nebulosa da Roseta, a Nebulosa da Gaivota, a Nebulosa Califórnia, e o Loop de Barnard. A própria constelação familiar de Órion encontra-se logo acima da casa em primeiro plano.  A brilhante estrela Sirius está à esquerda do telhado, e o perceptível aglomerado estelar das Plêiades encontra-se acima da árvore à direita. Uma versão da grande imagem incluindo um guia simples das constelações está disponível aqui.
 
Imagem de amanhã: estrelas cintilantes
 

Autores & editores: Robert Nemiroff (MTU) & Jerry Bonnell (UMCP)
NASA Official: Phillip Newman Specific rights apply.
NASA Web Privacy Policy and Important Notices
A service of: ASD at NASA / GSFC
& Michigan Tech. U.

Tradução - Grupo APOD-Brasil
Envie e-mail à equipe do APOD Br

Aviso: Apenas esta página está em português.
Os demais links externos encontram-se em seus idiomas originais

Site Original em Inglês:

eXTReMe Tracker